Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Verde Vermelho

Podia ser um blog sobre Portugal. Podia ser um blog sobre mim. Podia ser um blog sobre coisas boas e más. Podia ser um blog humorístico. Podia ser um blog a tentar ser humorístico. Podia ser um blog sobre qualquer coisa. Pois podia.

Podia ser um blog sobre Portugal. Podia ser um blog sobre mim. Podia ser um blog sobre coisas boas e más. Podia ser um blog humorístico. Podia ser um blog a tentar ser humorístico. Podia ser um blog sobre qualquer coisa. Pois podia.

Verde Vermelho

20
Jun17

Negro.

Joana

Pedrogão Grande.

 

Foram as mortes de pessoas no fogo.  Foram as histórias dos que se salvaram e preferiam ter partido, porque, ao tentarem salvar a sua família, a perderam. Foi a crueldade e a incredulidade de tudo aquilo. Foram as imagens dos veículos todos batidos e encurralados, no desepero da fuga e do conduzir no breu total. Foi o grito surdo que teima em ecoar na nossa cabeça. Foi o transpor daquela realidade para uma hipotética realidade nossa e querer abraçar os nossos com mais força. Foi a imagem dos bombeiros, exaustos, a descansar num relvado mínimo, como se de corpos mortos se tratassem. Foi a emoção de um presidente que abraça, que chora, que vive, que sofre. É a chegada de constantes atualizações do número de vítimas, que cresce a cada dia. É a perceção de um jornalismo podre, que nos envergonha e que ultrapassa em muito os limites da humanidade. É a visualização mental constante do horror que se terá vivido. É o esforço para querer afastar todas as imagens da nossa cabeça. É o frio horrível que nos trespassa e que sobrecarrega o silêncio deste luto imenso e profundamente emotivo.

 

 

 

1 comentário

Comentar post

Eu.

foto do autor

Instagramem-me!

@joaninha_me