Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Verde Vermelho

Podia ser um blog sobre Portugal. Podia ser um blog sobre mim. Podia ser um blog sobre coisas boas e más. Podia ser um blog humorístico. Podia ser um blog a tentar ser humorístico. Podia ser um blog sobre qualquer coisa. Pois podia.

Podia ser um blog sobre Portugal. Podia ser um blog sobre mim. Podia ser um blog sobre coisas boas e más. Podia ser um blog humorístico. Podia ser um blog a tentar ser humorístico. Podia ser um blog sobre qualquer coisa. Pois podia.

Verde Vermelho

08
Set17

Ó senhores, decidam-se! (inclui uma Dica grátis!)

Joana

Eu não consigo perceber mesmo como certas pessoas conseguem ser exageradamente incoerentes na forma como, genericamente, comunicam e, especificamente, se despedem nos seus emails. 

 

De um lado, temos a equipa daqueles que, a cada mensagem que enviam, optam por uma fórmula de despedida diferente - Melhores Cumprimentos, Atentamente, Ao dispor, Despeço-me respeitosamente e por aí fora -, numa possível tentativa (vã) de parecerem extremamente cultos, quando só parecem pessoas totalmente indecisas e inconstantes. Do outro lado, temos a equipa daqueles que, quando estão presencialmente comigo, dão beijinhos, são muito amistosos e de sorriso aberto, mas quando enviam emails são formais e totalmente quadrados, aplicando a expressão-padrão Melhores Cumprimentos a tudo o que mexe, que eles não estão ali para se maçar muito. Esta última equipa, ao desejar avidamente parecer educada e respeitadora do espaço pessoal do seu interlocutor, acaba por ser interpretada como incoerente e, por vezes, falsa.

 

Por isso, a estas duas equipas apraz-me apenas mostrar o seguinte cartaz que, não sendo político, é, à sua maneira, bem chamativo:

 

 

Exato: Big No!

 

Por isso, acho que estou a prestar um serviço público de utilidade ao partilhar estas minhas experiências e ao dizer, a plenos pulmões (inspirada pelos 37 discursos políticos que ouvi nos últimos dias por todo o lado para onde me vire): PAREM COM ISSO! Sejam coerentes! É importante manter o registo nos nossos discursos. sejam eles orais ou escritos, sob pena de sermos interpretados erradamente pelos recetores das nossas mensagens. Imaginem o que é eu estar com alguém, cheia de palavras simpáticas, piadas, sorrisos, beijinhos e abraços e depois despedir-me com um tão reconfortante Ao Dispor. E no dia seguinte com um Atentamente. A sério. Não façam isso. Vão por mim!

 

 

Melhores cumprimentos a todos! ;)

 

 

Eu.

foto do autor

Instagramem-me!

@joaninha_me