Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Verde Vermelho

Podia ser um blog sobre Portugal. Podia ser um blog sobre mim. Podia ser um blog sobre coisas boas e más. Podia ser um blog humorístico. Podia ser um blog a tentar ser humorístico. Podia ser um blog sobre qualquer coisa. Pois podia.

Verde Vermelho

Podia ser um blog sobre Portugal. Podia ser um blog sobre mim. Podia ser um blog sobre coisas boas e más. Podia ser um blog humorístico. Podia ser um blog a tentar ser humorístico. Podia ser um blog sobre qualquer coisa. Pois podia.

13 de Julho, 2015

A dias do casamento - Só vos deixo espreitar um bocadinho...

Joana

- Sessão Fotográfica Pré-Casamento: Uma coisa que achávamos ser uma mariquice, mas à qual vamos dar um uso especial. Ao contrário do que esperávamos, foi altamente divertida e foi mesmo importante para nos ambientarmos à camera fotográfica, à presença do fotógrafo e à naturalidade que se espera que transpareça nas nossas fotografias. Feito!

 

- Flores: Aquilo que eu achava que ia ser complicado, foi simples. Umas ideias levadas no papel, mais umas quantas sugeridas por quem percebe e a coisa vai bem encaminhada, e sem sobressaltos. Ainda há decisões a tomar, mas de teor simples. Estou descansada, nesta parte. Feito!

 

- Alianças: Lindas, em conta (dentro da "conta" que há para coisas de ouro, naturalmente) e muito nossas. No final, ainda um mimo de oferta. Boa escolha desde o princípio. Feito!

 

- Igreja: Como nenhum de nós vai casar na sua paróquia, decidimos casar na Paróquia onde vamos viver. Igreja pequena, quase semelhante a uma capela, decoração simples e um padre que, apesar de algumas cismas da idade, é um porreiro e nos cumprimenta como se fôssemos colegas de escola. Feito!

 

- Flores na Igreja: Uma dor de cabeça. Vamos desistir e deixar ao critério da paróquia. Nem vale a pena tentar. Assim como assim, consideramos... Feito!

 

- Quinta: não podíamos estar mais seguros quanto a esta nossa decisão. Decoração ao nosso gosto, sem pirosices de organzas ou atoalhados estranhos ou "roupas" para as cadeiras. O espaço é mesmo giro, acolhedor, não é grande - o que é ótimo para nós -, é muito bem organizado e pensado para todos os momentos e não podia ser mais a nossa cara. Feito!

 

- Prova de maquilhagem: Uns pequenos retoques aqui, umas alterações em versão downgrade ali e está decidida. Maquilhagem firme durante todo o dia e com ar bem natural, o que é ótimo. Feito!

 

- Prova de cabelo: A minha dor de cabeça. Não há maneira de encontrar o que gosto e ninguém me parece tecnicamente competente para me conseguir propor e apresentar sugestões, só querem seguir o que eu digo e não à risca, mas sim dentro do que conseguem. Em conversa com os meus pais, fomos levados a reconhecer que a coisa vai ter de mudar de rumo. O J. deve ficar mais contente com esta segunda opção.

 

- Arroz e lembranças: Tudo caseirinho e artesanal, feito com as maõzinhas, cérebro e muita paciência dos noivos. Mas está único e adoramos. Sobretudo porque é mesmo nosso. Feito!

 

- Roupa dos pais da noiva: Que grande dor de cabeça! Mas está tudo acertado, vão giros, giros e elegantes como nunca os vi. Tive de "puxar" por eles, para que a versão do "qualquer coisinha simples dá" não vingasse. E não vingou. Adoro as escolhas que fizemos em consenso. Feito!

 

- Roupa e sapatos do noivo: Naturalmente, e porque a noiva ajudou a escolher, está tudo tratado e bem tratado. Vai giro que se farta, elegante e sem seguir as regras que dizem existir. Vai como quer ir e assim é que deve ser. Feito!

 

- Sapatos e acessórios da noiva: Uma jornada de longas horas e dias, mas tudo tratado. Adoro todas as decisões. Vamos ver o que a audiência diz, no dia. Feito!

 

 

- Vestido da noiva: uma dor de cabeça. É lindo (que é), mas a fisionomia do corpo elegante aqui da Joana, pelos vistos, complicou a coisa. Estou entusiasmada com o pequeno, mas mal posso esperar por o ver lá em casa, bem resguardado, e longe de costureiras e atelês. Hoje vou à prova final. É bom que nem haja uma coisinha a alterar; já gastei mais horas e combustível por causa do vestido, do que por causa do último mês de trabalho.

 

(Não posso colocar aqui fotografias antes do dia, mas, se pedirem muito, coloco depois, prometo!)

 

2 comentários

Comentar post