Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Verde Vermelho

Podia ser um blog sobre Portugal. Podia ser um blog sobre mim. Podia ser um blog sobre coisas boas e más. Podia ser um blog humorístico. Podia ser um blog a tentar ser humorístico. Podia ser um blog sobre qualquer coisa. Pois podia.

Verde Vermelho

Podia ser um blog sobre Portugal. Podia ser um blog sobre mim. Podia ser um blog sobre coisas boas e más. Podia ser um blog humorístico. Podia ser um blog a tentar ser humorístico. Podia ser um blog sobre qualquer coisa. Pois podia.

14 de Dezembro, 2015

E a modos que hoje é o máximo que consigo.

Joana

Estou de cama. Não sinto a cabeça. A comida a passar na minha garganta parece papel a raspar em parede. Todo o meu corpo parece um pequeno braseiro por fora, mas não se coíbe de ser um pequeno frigorífico por dentro. Sinto dores em todas as partes das costas, de tantas horas deitada. O meu cabelo lavado esta manhã parece o chão de uma garagem de mecânico, de tal forma as coisas andam às avessas cá dentro. Os ouvidos estalam continuamente e os olhos insistem em fechar a cada minuto. Ando com a parte digestiva toda alterada. Dói-me tudo. Estou um pequeno caquinho.

Pronto, era isto.

 

 

 

 

1 comentário

Comentar post