Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Verde Vermelho

Podia ser um blog sobre Portugal. Podia ser um blog sobre mim. Podia ser um blog sobre coisas boas e más. Podia ser um blog humorístico. Podia ser um blog a tentar ser humorístico. Podia ser um blog sobre qualquer coisa. Pois podia.

Verde Vermelho

Podia ser um blog sobre Portugal. Podia ser um blog sobre mim. Podia ser um blog sobre coisas boas e más. Podia ser um blog humorístico. Podia ser um blog a tentar ser humorístico. Podia ser um blog sobre qualquer coisa. Pois podia.

23 de Fevereiro, 2016

Hoje fui a uma entrevista de emprego. Mais valia não ter ido.

Joana

Mais especificamente, na área da Educação. E concluí que este país vai ter, daqui a uns 10 anos, uma camada da sociedade constituída por uma geração formada à pressa - ainda me questiono com pressa de quê, mas enfim... -, sem valores importantes incutidos, sem noções de responsabilidade, respeito e gratidão, sem condutas morais corretas e com muito pouca consideração pelo próximo. A culpa não é dos que hoje são jovens; é, sim, de quem tudo lhes permite e lhes oferece "de bandeja" e ainda lhes paga para se formarem em tempo recorde. Fiquei parva com o que vi e ouvi. São os próprios responsáveis das instituições de ensino que nos pedem a nós, professores, que, aceitando a proposta que nos está a ser feita no momento, tenhamos consciência de que não estamos ali para ensinar, mas apenas para "enganar", o que, traduzido, significa algo como "domar feras", que mais não são do que uns quantos gatinhos armados ao pingarelho, a quem faltou algum amor e muitas regras. Obviamente, recusei. Nem que a contrapartida fosse a melhor do mundo, sei que nunca, em tempo algum, conseguiria levar um "projeto" (??) destes avante. Já para não falar que os professores são "carne para canhão", nestes contextos.

É demasiado mau em todos os aspetos e envergonha-me, enquanto professora e enquanto ser humano. Sinto-me revoltada com este país e com o rumo que as coisas levam.

Se as pessoas soubessem apenas metade do que se passa nestes meandros....

 

4 comentários

Comentar post