Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Verde Vermelho

Podia ser um blog sobre Portugal. Podia ser um blog sobre mim. Podia ser um blog sobre coisas boas e más. Podia ser um blog humorístico. Podia ser um blog a tentar ser humorístico. Podia ser um blog sobre qualquer coisa. Pois podia.

Verde Vermelho

Podia ser um blog sobre Portugal. Podia ser um blog sobre mim. Podia ser um blog sobre coisas boas e más. Podia ser um blog humorístico. Podia ser um blog a tentar ser humorístico. Podia ser um blog sobre qualquer coisa. Pois podia.

25 de Novembro, 2013

O nosso amigo e o seu poder com as mulheres - um enigma.

Joana
Eu e o J. temos um amigo comum que, não tendo nenhuma característica física extraordinária, nem grande jeito com as palavras em geral, tem um sucesso incrível com as mulheres. Ontem, num lanche de uma amiga que celebrava o seu aniversário, lá apareceu ele com a nova namorada. E gira, simpática e risonha que era.
A sério, o rapaz é bom moço, mas é meio inseguro a nosso lado, tem uns trejeitos suspeitos, ri-se muito de coisas que nem têm grande piada, e é assim... um bom rapaz, que se esquece em demasia das amizades, e sem nada de especial, mesmo. E mesmo assim, soma e segue com as mulheres. É que está a um ritmo que, sempre que estamos com ele - também tal acontece cada vez mais espaçadamente -, a companhia é diferente - mas sempre gira, produzida e bem posta (umas mais do que outras - tinha de haver aqui um pequeno memento de gaja, entendam).

Na minha cabeça, há muito tempo que me ocorre a pergunta: "Como é que ele consegue? O que é que ele tem?". Os homens amigos acham que ele deve ser abonado; umas colegas dele acham que ele deve ser bom na cama; as nossas amigas duvidam desta teoria e não percebem mesmo; eu ainda lhe dou o benefício da dúvida e acho que ele pode conseguir ser sedutor e ter jeito para o galanteio; e ontem o J., do alto da sua sabedoria masculina, mostrou-me a luz, apontando para um anúncio televisivo. E eu cheguei lá: Ele deve comer Planta com sabor a manteiga!! Só pode mesmo ser esse o truque!!! :)

Enfim, enigmas desta vida.
Pronto, vou então continuar a trabalhar.

(Alguma teoria por aí para esta questão tão essencial?)

1 comentário

Comentar post