Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Verde Vermelho

Podia ser um blog sobre Portugal. Podia ser um blog sobre mim. Podia ser um blog sobre coisas boas e más. Podia ser um blog humorístico. Podia ser um blog a tentar ser humorístico. Podia ser um blog sobre qualquer coisa. Pois podia.

Verde Vermelho

Podia ser um blog sobre Portugal. Podia ser um blog sobre mim. Podia ser um blog sobre coisas boas e más. Podia ser um blog humorístico. Podia ser um blog a tentar ser humorístico. Podia ser um blog sobre qualquer coisa. Pois podia.

27 de Junho, 2014

"Portugal em Direto" - E é nisto que se aposta.

Joana
Há um programa na RTP1 chamado "Portugal em Direto", que dá todos os dias por volta das 18h. Basicamente, é um dossiê das notícias regionais mais interessantes e importantes, e poucas delas são alvo de atenção fora desse espaço, pelo que a programa tem uma valência de destaque.

Este programa já foi apresentado pela Dina Aguiar, pessoa que acho simpática, mas forçadíssima e com uma postura jornalística muuuuito questionável. Não bastasse isso, e como é artesã de bijuterias, parecia não raras vezes um palhaço ao estilo Paula Bobone, dada a simplicidade (not!) das peças que envergava. 

Hoje cheguei mais cedo a casa, ligo a RTP1 e vejo a Alberta Marques Fernandes a apresentar o programa. Não sei se é substituição de férias, mas - pensei eu, na minha inocência - tudo deveria ser melhor. ERRADO! É bem pior. O que aconteceu a esta jornalista, de quem eu gostava tanto? Para onde foi a simplicidade e a sempre correta e exemplar postura jornalística? É incrível e merece ser visto. A Alberta Marques Fernandes está muito mais gordinha, mas não com um aspeto cuidado, antes desmazelado e a puxar ao matrona. Faz umas expressões a apresentar as notícias ao estilo Teresa Guilherme, esbugalhando os olhos e gesticulando tudo e mais alguma coisa e fala cheia de altos e baixos. Está totalmente popularucha, tecendo comentários e fazendo chalaças despropositadas. Não bastasse todo esse desconfortável "barulho", é ver em cima da mesa um copo (ok), umas folhas (ok), os óculos dela (menos ok) e um Iphone ali, mesmo ao nível dos nossos olhos e do proeminente volume mamário da jornalista. Ideia de desmazelo - check!
De novo, tudo demasiado mau.

Caraças, o que se anda a passar? Tanta gente "fresca" e "leve" (e não me refiro à idade), com tanta competência e a desejar tanto trabalhar, e a aposta recai sempre nos mesmos! Porque raio é tão frágil "tocar" em certas figuras e pô-las a andar como deveriam ser postas? Isto incomoda-me mesmo, acreditem. É a porcaria do mérito que nunca há de ser devidamente reconhecido neste país. A idade é um posto e mais nada. Não posso com isto!



Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.