Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Verde Vermelho

Podia ser um blog sobre Portugal. Podia ser um blog sobre mim. Podia ser um blog sobre coisas boas e más. Podia ser um blog humorístico. Podia ser um blog a tentar ser humorístico. Podia ser um blog sobre qualquer coisa. Pois podia.

Verde Vermelho

Podia ser um blog sobre Portugal. Podia ser um blog sobre mim. Podia ser um blog sobre coisas boas e más. Podia ser um blog humorístico. Podia ser um blog a tentar ser humorístico. Podia ser um blog sobre qualquer coisa. Pois podia.

29 de Abril, 2013

Quem diz que o dinheiro não traz felicidade, é um ovo podre.

Joana
Traz, sim, e não vale a pena negar. Não é um factor essencial para se ser feliz, mas que ajuda muito à coisa, ajuda. Só quem é falso moralista é que dirá o contrário. Há alguém que goste de se preocupar se pode fazer este ou aquele pequeno investimento sem comprometer o orçamento familiar, por exemplo? Há alguém que goste de se ver privado dos pequenos prazeres da vida (e refiro-me a encontros com amigos, passeios, etc.) por falta de dinheiro? Há alguém que goste de desistir dos seus sonhos à conta de não ganhar o que merece? Há alguém que não goste de adquirir um pequeno (mesmo que fútil) mimo que o faça feliz e o recompense pelos seus esforços? Não me parece.

Se o dinheiro pode trazer problemas? Pode, claro. Mas isso também depende da forma como se gere esse mesmo dinheiro. Essa teoria do pobre e roto, mas feliz não me convence. Ninguém é verdadeiramente feliz sem a certeza de uma - mesmo que mínima - segurança financeira. Seja para os pequenos prazeres, seja para as grandes necessidades. O resto é treta.


4 comentários

Comentar post