Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Verde Vermelho

Podia ser um blog sobre Portugal. Podia ser um blog sobre mim. Podia ser um blog sobre coisas boas e más. Podia ser um blog humorístico. Podia ser um blog a tentar ser humorístico. Podia ser um blog sobre qualquer coisa. Pois podia.

Verde Vermelho

Podia ser um blog sobre Portugal. Podia ser um blog sobre mim. Podia ser um blog sobre coisas boas e más. Podia ser um blog humorístico. Podia ser um blog a tentar ser humorístico. Podia ser um blog sobre qualquer coisa. Pois podia.

30 de Julho, 2014

Querem um bom filme de verão? Vamos lá voltar a 1989, então.

Joana
Esta semana cá em casa estivemos a ver o "Fim de semana com o morto", de 1989.

(Se se lembram deste filme, excelente; se não sabem do que estou a falar é porque são muito novos e, por isso, me vão fazer sentir velha, pelo que é preferível nos comentários dizerem sempre algo como "Ah sim, sim, lembro-me perfeitamente". Só para evitar chatices. :D) 


Andávamos há tempos para rever este filme e foi nestes últimos dias que o fizemos (e digo "dias" porque, nesta fase da vida, ver um filme completo num final de dia de trabalho é missão impossível; só à prestação e durante uns 3 dias... coisas de velhotes, gente nova que me lê!). 

E que boa ideia, a sério!Quando era nova, via este filme nas férias de verão quase tão religiosamente como o "Sozinho em casa" nas de Natal. Passados todos estes anos, ainda sabia a história de trás para a frente e até algumas falas de cor. Fiquei surpreendida como o filme continua a ter imensa piada, é leve, inteligente e está bem feito (com as devidas limitações da época). A idade fez-me valorizar muito mais a personagem do Bernie (o morto), porque acho que é quase impossível fazer-se tão bem de morto como ele o fez na altura. Há cenas com bastante piada, muitas das quais só agora, em adulta, percebo, e foi, definitivamente, uma boa opção. Recomendo vivamente! Têm coragem de fazer esta viagem no tempo?

Se me der para continuar a ir ao baú, vou-me tornar modernamente "vintage" (para não dizer antiquada, velha e mofenta) nas minhas escolhas de verão. Soa bem, mas não é muito a minha "onda". Veremos aonde o calor me quiser levar. Eu vou partilhando tudo, não saiam daí.

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.